Pouca confiança na economia e elevada descrença na política é percepção dos principais empresários e líderes brasileiros

A fim de fortalecer o mercado por meio da reunião dos grandes líderes brasileiros e uma análise sempre atualizada da situação econômica e política do País, o IDEIA Big Data lançou o OPINA Brasil, painel eletrônico respondido por grandes empresários e líderes sobre como enxergam o cenário atual e os próximos meses. Implantado por meio do PiniOn, a pesquisa será realizada a cada dois meses.

Na edição de estreia, realizada este mês, chamou atenção a falta de esperança na economia. Quase metade dos entrevistados se declararam neutros (48%), e aqueles mais pessimistas (37%) estão em maior número do que os otimistas (15%). E se agora já está ruim, para quase metade dos respondentes (49%) a situação tende a piorar nos próximos 6 meses. Só 8% vislumbram uma melhora.

Quando falamos sobre a política, a situação fica ainda pior. A sensação de desconfiança com relação aos políticos é perceptível, com 84% relatando sentimento negativo, contra irrisórios 3% que se dizem otimistas. No entanto, ao serem questionados sobre a expectativa com relação à política brasileira também daqui a seis meses, há mais esperançosos (22%) do que pessimistas (17%), mas o sentimento mais forte ainda é o de incerteza e imprecisão sobre o futuro (61%).

Ao analisar especificamente o mercado em que atuam, o empresariado ficou dividido: 32% são mais positivos, 30% negativos e os que estão no meio termo somam 38%. O grupo também não enxerga melhora a curto prazo. Para 49%, a conjuntura do setor estará igual a agora e 48% creem que vai piorar.

De forma geral, os entrevistados demonstraram pouca confiança no País (62%), contra 37% que se diz confiante e apenas 1% que se diz muito confiante. A pesquisa foi realizada com 400 empresários e líderes de todo o Brasil durante os dias 31 de julho e 09 de agosto, por meio de questionário online de autopreenchimento.

 

Confira os dados no infográfico clicando aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *