Presidente do IDEIA realiza palestra no Big Data World

Organizado pela Esomar, o evento acontece entre os dias 27 e 29 de novembro, em Nova York

“Big Data, Big Impact”, esse é o tema da palestra que o presidente do IDEIA Big Data, Maurício Moura, irá realizar durante o Big Data World – BDW, que acontece entre os dias 27 e 29 de novembro, em Nova York.

A proposta do Big Data World é explorar o mundo dos grandes dados com uma abordagem multidimensional: da estratégia comercial à estratégia de marketing, da tecnologia à inovação, da aprendizagem de máquinas à inteligência artificial, ajudando o participante a entender e aplicar estratégias inteligentes baseadas em dados.

Em sua palestra, Maurício irá demonstrar como a coleta de dados aliado à tecnologia e inteligência podem promover um grande impacto social. “O que podemos fazer com Big Data é realmente incrível e pode ser muito útil para ajudar as pessoas a viver melhor. Acreditamos que o bom uso dos dados pode mudar o mundo”, destaca.

Com apenas uma edição realizada, o Big Data World já é considerado um dos principais eventos sobre o assunto em todo o mundo. Essa veneração não é a toa, o BDW é realizado pela Esomar, renomada organização sem fins lucrativos que há 70 anos promove o valor da análise de dados, opinião e pesquisa social e do mercado. Para saber mais sobre o evento, acesse o site do evento.

Fusão do IDEIA com o PiniOn é destaque no Meio & Mensagem

A fusão do IDEIA Big Data com a PiniOn e toda a força de inteligência que as empresas somaram com essa união foi tema de matéria publicada pela coluna Próxxima, do veículo Meio & Mensagem, especializado no mercado de Comunicação. A matéria também fala sobre os benefícios proporcionados pelo cruzamento de dados com soluções inteligentes para marcas, personalidades e partidos políticos. Clique na imagem abaixo e confira a matéria na íntegra.

 

 

IDEIA Big Data e PiniOn se unem para liderar segmento de pesquisa com uso de tecnologia

A junção da renomada instituição com a startup visa inovar e ampliar formas de mapear públicos e opiniões e as coloca na vanguarda de tecnologia nesse nicho

 

O Instituto IDEIA Big Data e a startup de pesquisa via mobile, PiniOn, acabam de se associar e anunciar uma fusão inédita no mercado brasileiro. Juntas, as empresas unirão forças e tecnologias em busca de modernas maneiras de mapear públicos e opiniões. “Teremos a mais completa cobertura de big data e tecnologia para ajudar as pessoas a conhecerem melhor seu público-alvo e aprimorar sua relação com ele. Acredito que nenhum instituto de pesquisa conseguirá ofertar algo similar”, destaca o presidente do IDEIA Big Data, Maurício Moura.

Fundada em 2011 sob o nome de Ideia Inteligência, o IDEIA Big Data apresentou seu novo posicionamento e nome ao mercado em abril deste ano. A mudança acompanhou a atuação da empresa, que conta com soluções de inteligência em pesquisa, banco de dados e Microtargeting, sempre tendo o uso do big data como pilar fundamental. A plataforma Alexandria, desenvolvida pela equipe interna do Instituto para gerenciamento de dados, conta com registros de mais de 172 milhões de brasileiros – o que corresponde a cerca de 82% da população.

As empresas tem total sinergia. A PiniOn é uma startup de pesquisa por meio de aplicativo mobile e web, que utiliza geo-localização e big data para selecionar e indicar o público certo para responder às demandas. Com 680 mil usuários ativos só no Brasil, o PiniOn é o maior painel digital do País e seu principal diferencial é combinar tecnologias de processamento de dados e a interface mobile. “Nossos produtos se tornaram extremamente complementares. Juntos, temos coleta de dados primários e secundários, capacidade de armazenamento, enriquecimento e cruzamento de dados e estratégia de comunicação fundamentada nos melhores usos do big data. O PiniOn, junto com o Alexandria, passa a ser a engrenagem do IDEIA, podendo atender clientes de forma isolada ou conjunta”, ressalta Eduardo.

A incorporação acompanha o crescimento do IDEIA, que com a fusão, pretende dobrar o faturamento e figurar entre os 10 maiores institutos de pesquisa do Brasil. “Seremos capazes de oferecer soluções mais integradas e de maior valor para os clientes. Isso nos possibilita entender suas demandas e adequar de maneira mais plena nossas ofertas”, conclui Maurício.

A empresa também tem investido fortemente na internacionalização de suas operações, hoje responsável por 30% da sua arrecadação. Com projetos premiados internacionalmente, conta com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Ribeirão Preto, Lisboa, Montevideo, Nova Delhi e Washington, e também já desenvolveu trabalhos em países como Argentina, Venezuela, Peru, Bolívia, Romênia, Moçambique e África do Sul.